Museu Marítimo de Ílhavo
HOMENS E NAVIOS DO BACALHAU

Arquivo digital que documenta as campanhas bacalhoeiras desde o início do século XX

Logo MuSEAum

Património junho: Bandeira da Associação dos Oficiais da Marinha Mercante de Ílhavo

03 Junho 2022
Patrimonio junho site 1 772 2500

A história da Bandeira da Associação dos Oficiais da Marinha Mercante de Ílhavo, que acompanhou muitos marítimo ilhavenses à última morada

A Associação de Oficiais da Marinha Mercante, em Ílhavo, foi fundada a 1 de Janeiro de 1921, com sede provisória no salão do «Club dos Novos». Ligada à Liga de Oficiais da Marinha Mercante de Lisboa, mas independente, foi criada para responder aos interesses da Classe Marítima, batendo-se na necessidade de um navio-hospital que acompanhasse a frota bacalhoeira, propondo a criação da Escola Náutica e provendo ao cumprimento da lei para as matrículas dos pescadores e marinheiros. Fazia-se acompanhar da sua bandeira na procissão do Senhor Jesus dos Navegantes de Ílhavo, bordada em 1926 na casa Joaquim da Silveira Melo & Cª do Porto e estreada em 17 de Abril de 1927. Substituída atualmente por réplica, esta bandeira acompanhou à última morada muitos dos marítimos ilhavenses. O campo de cetim azul representa uma galera com bandeira nacional, cercada de cordão a ouro de onde pedem uma boia de salvação, uma ampulheta, uma rosa dos ventos, os símbolos da Fé, Esperança e Caridade, uma roda de leme, um sextante e uma âncora.