Museu Marítimo de Ílhavo
HOMENS E NAVIOS DO BACALHAU

Arquivo digital que documenta as campanhas bacalhoeiras desde o início do século XX

Logo MuSEAum

Workshop de Escrita Criativa com Sandro William Junqueira - SUSPENSO

21 Março 2020
Sandro junqueira 1 772 2500

A ideia deste encontro nasce da vontade de partilhar experiências e, descobrir com os participantes, através da realização de um conjunto de exercícios e jogos, alguns dos misteriosos mecanismos da escrita e da imaginação. Os exercícios e jogos sugeridos partem de lugares diferentes (letras, palavras, textos, imagens) para atirar também para lugares diferentes. O propósito é que, cada participante, desafiando a criatividade, estimulando a imaginação, concretize as suas ideias e escreva.


Face ao surto pandémico do COVID-19, o Município de Ílhavo suspende todas as iniciativas até dia 5 de abril. Este evento está suspenso com nova data a definir.

 

 

Inscrições gratuitas, mas sujeitas a inscrição prévia:
234 329 990 ∙ visitas.mmi@cm-ilhavo.pt
Público-alvo: interessados nos mecanismos de escrita e imaginação
Limitado a 14 participantes

 

Conteúdo Programático

Exercícios de desbloqueio.
Letras, palavras, frases: ligações, desarranjos.
Trabalhar a imaginação: exercícios.
O conflito.
O erro, o acaso: a descoberta, a surpresa.
Ver um milímetro ao lado.
Limpeza da linguagem (o banquete e o resto).

 

Sandro William Junqueira

Nasceu em 1974, num país que já não existe. E é um músico falhado. Com onze anos apanhou varicela e começou a ler. Ainda não parou. Trabalha regularmente em teatro como ator e encenador. Publicou “O Caderno do Algoz” (Caminho 2009), “Um Piano para Cavalos Altos” (Caminho e Leya Brasil, 2012), “No Céu não há Limões” (Caminho 2014), “Quando as Girafas Baixam o Pescoço“ (Caminho 2017), A Cantora Deitada” (Caminho 2015), “A Grande Viagem do Pequeno Mi” (Caminho 2016) e “As Palavras que Fugiram do Dicionário” (Caminho 2018).

É autor do texto “Os Anjos Tossem Assim” in PANOS, Culturgest (2014). Contribuiu com um conto para a revista GRANTA (2014). Em 2012, foi considerado um dos escritores para o futuro pelo semanário Expresso. Foi ainda distinguido de diversas formas: finalista do prémio Time Out – Melhor Livro do Ano (2011); finalista do Prémio Correntes D’Escritas - (2014); finalista do Grande Prémio de Romance e Novela da APE – (2014); finalista do Prémio Melhor livro Infanto-Juvenil SPA – (2016); finalista do Prémio Melhor Romance SPA – (2018).