Museu Marítimo de Ílhavo
HOMENS E NAVIOS DO BACALHAU

Arquivo digital que documenta as campanhas bacalhoeiras desde o início do século XX

Logo MuSEAum

Inauguração da Exposição “Trava-Línguas", de João Pedro Vale e Nuno Alexandre Ferreira

16 Novembro 2019
Trava linguas jpv naf 1 772 2500

A ideia desta exposição surge como resultado de uma residência artística que os autores, João Pedro Vale e Nuno Alexandre Ferreira, fizeram nas Lofoten, Noruega, no âmbito da Lofoten International Art Festival.

Nessa residência, contactaram com os tungeskjaererne (cortadores de línguas), crianças que a partir dos 5 anos começam a cortar a língua ao bacalhau. Para além do lucro imediato com a venda das línguas, este processo permite-lhes iniciarem o contacto com a pesca e o meio marítimo. O corte das línguas é uma antiga tradição, passada de geração em geração, que permite fazer o paralelismo com os moços da pesca do bacalhau que também se iniciavam nesta atividade através do corte das línguas nas suas primeiras campanhas do bacalhau.

 

A exposição “Trava-Línguas” será inaugurada pelas 16h30, no âmbito do Dia Nacional do Mar, e ficará patente até 1 de março de 2020, no Museu Marítimo de Ílhavo.
Entrada gratuita.