Museu Marítimo de Ílhavo
HOMENS E NAVIOS DO BACALHAU

Arquivo digital que documenta as campanhas bacalhoeiras desde o início do século XX

Biblioteca e Arquivo

mmi-1.jpg
mmi-1.jpg
 
Criada a partir de espólios doados, sobretudo de temas relacionados com o mar e a pesca, em especial a do bacalhau, a Biblioteca do MMI é uma biblioteca temática que se propõe definir um plano estratégico para estabelecer novas aptidões e colocar novos serviços ao dispor do utente.
 
Por isso, está atualmente em fase de reestruturação, desenvolvendo as seguintes etapas:
  • tratamento retrospetivo do fundo documental;
  • automatização das diferentes funções biblioteconomicas;
  • criação de condições de acesso à pesquisa informática e acesso à Internet;
  • criação de zona de periódicos, articulando o acesso também a fundos da imagoteca e do arquivo, nomeadamente material cartográfico;
  • investir na aquisição de mais documentos na área temática do mar e das pescas;
 
O acesso à biblioteca é facultado a todos de forma livre e gratuita, podendo os seus utilizadores usufruir dos seguintes serviços:
  • consulta local;
  • empréstimo domiciliário;
  • serviço de referência e auxílio na pesquisa;
  • serviço de reprografia;
  • acesso a documentos da imagoteca;
  • acesso a documentos arquivísticos e reservados;
A coleção da biblioteca é constituída por cerca de 8 000 monografias e cerca de 2 000 publicações periódicas, portuguesas e estrangeiras.
 
O arquivo do museu possui uma vasta e riquíssima gama de documentos, fruto de doações de ilhavenses, associações e empresas locais e regionais, que ao longo do tempo foram confiando os seus espólios a esta casa que é afinal, por força das circunstâncias, a sua depositária legal de memórias e histórias.
Campo de trabalho para vários investigadores na área temática do mar e da pesca do bacalhau, o arquivo do Museu Marítimo tem-se relevado um alvo procurado, pelo que, cada vez mais, é importante dotá-lo de uma estrutura dinâmica e moderna otimizando os recursos disponíveis e cumprindo o objetivo último deste género de serviços: respondendo com acuidade e eficácia às necessidades e exigências de informação dos nossos investigadores.
 
Os acervos documentais que compõem o arquivo do Museu Marítimo de Ílhavo são:
  • uma parte considerável das empresas, associações de industriais e organismos de Estado: Estaleiros Mónica, Adapla, Brites e Vaz, Comissão Reguladora do Comércio do Bacalhau, Indústria Aveirense de Pesca, Testa e Cunhas, entre outras;
  • coleções completas dos seguintes jornais: O Ilhavense (1921/2003); Bora Te Beio; Terra dos Ílhavos; O Nauta; Diário de Aveiro e outros;
  • coleções incompletas: Mar alto (1966/1971); Commercius; Beira Mar; Timoneiro; O Brado ; e outros;
  • coleção de diários de bordo, de máquinas e de quartos de vários navios bacalhoeiros;
  • coleção de diversos planos de navios; de material cartográfico; de passaportes de navios e de diplomas marítimos; entre outros documentos de interesse nesta área temática.
O arquivo assume-se como recurso de informação complementar da biblioteca e do museu, ocupando um lugar de destaque enquanto parte integrante da história e cultura de Ílhavo e do país, na medida em que encerra uma vastíssima fonte de documentos que reconstitui a continuidade da nossa aventura nos mares.