Museu Marítimo de Ílhavo
HOMENS E NAVIOS DO BACALHAU

Arquivo digital que documenta as campanhas bacalhoeiras desde o início do século XX

Sala dos Mares

A Sala dos Mares reafirma e celebra a identidade marítima local e nacional. Apela a uma cidadania do mar assente no património e na cultura.
Amplamente renovada em outubro de 2012, esta exposição permanente é dedicada a uma das principais narrativas da identidade local: a vocação marítima dos Ílhavos. As migrações dos pescadores locais ao longo do litoral português são documentadas historicamente e remetem para a sua dimensão mítica, que podemos captar em diversos textos de etnólogos locais e regionais. Exibem-se os barcos e as artes que permitiram a instalação de Ílhavos em diversas praias marítimas que eram bons locais de pesca, em lagoas e estuários fluviais. As identidades do pescador e do marinheiro e as reconhecidas aptidões dos Ílhavos para a vida marítima são questões centrais desta exposição.
 
 
 

A natureza marítima dos Ílhavos e o barco como objeto principal do património marítimo e fluvial permitem expor vários modelos de embarcações tradicionais portuguesas, com destaque para os que mais se associam às migrações dos Ílhavos.
A identidade marítima local invoca-se, também, através de uma exposição semipermanente dedicada aos saberes e instrumentos de navegação usados pelos pescadores e navegantes de Ílhavo desde tempos remotos à atualidade. Na ala direita da sala encontram-se os principais instrumentos das artes de navegar, da navegação astronómica aos recentes equipamentos de navegação eletrónica.