Museu Marítimo de Ílhavo
HOMENS E NAVIOS DO BACALHAU

Arquivo digital que documenta as campanhas bacalhoeiras desde o início do século XX

Exposição: Bernardo Santareno, um médico na frota bacalhoeira

02 de Abril de 2016 a 24 de Julho de 2016
19 1 772 9999

A exposição “Bernardo Santareno, um médico na frota bacalhoeira” está inserida num projeto cultural mais amplo, que celebra em diferentes momentos a obra de Bernardo Santareno, enquanto médico da frota bacalhoeira nas campanhas de 1957 a 1959. Num discurso que assinala o percurso bacalhoeiro do Médico António Martinho do Rosário, que escrevia sob o pseudónimo de Bernardo Santareno, partimos à descoberta da envolvente humana, histórica e política das viagens que o inspiraram para a criação de duas obras tão marcantes no panorama literário português, que são o livro de crónicas “Nos Mares do Fim do Mundo” e o texto dramatúrgico “O Lugre”. O projeto cultural que assenta na obra de Bernardo Santareno contará também com o lançamento da reedição do livro “Nos Mares do Fim do Mundo” editado pela E-primatur e apoiado pelo MMI e uma peça de teatro de comunidade intitulada “O Lugre - Projeto de Teatro Comunitário” dirigido pelo encenador Graeme Pulleyn, que estreará a 18 de Maio no museu.

 

Esta exposição conta com a colaboração do Museu Nacional do Teatro e da Dança, do Arquivo Nacional da Torre do Tombo, da Biblioteca Geral da Universiade de Coimbra, da Fundação Mário Soares e da Editora E-Primatur.