Museu Marítimo de Ílhavo
HOMENS E NAVIOS DO BACALHAU

Arquivo digital que documenta as campanhas bacalhoeiras desde o início do século XX

"Nos Mares do Fim do Mundo com Bernardo Santareno", palestra de Ana Paula Medeiros

02 de Abril de 2016
Bernardosantareno apm 1 772 9999

Num registo entre o primitivo e o intemporal, os pescadores de Bernardo Santareno erguem a sua humanidade, projetados na tela trágica da sua luta heroica, num diálogo imprevisível com o mar. Esse mar, que ao ser infinito e tenebroso, é afinal um círculo fechado e fatídico, frente ao qual expõem as suas fragilidades e de onde emerge a sua grandeza.
Partindo da sua experiência como médico da frota bacalhoeira, no “David Melgueiro”, no “Senhora do Mar” e no “Gil Eanes”, Bernardo Santareno escreve a admiração por estes homens que se transmutam em heróis nesta luta desigual pela sobrevivência, plasmando nas memórias de viagem, "Nos Mares do Fim do Mundo", e nas personagens que recriou magistralmente na peça, "O Lugre", a força brutal dessas experiências que não deixam indiferente o leitor/espectador contemporâneo.

 

Ana Paula Medeiros é Mestre em Literatura Portuguesa e licenciada em Línguas e Literaturas Modernas pela Universidade de Coimbra, tendo-se dedicado ao estudo da literatura portuguesa contemporânea. Especialista em Bernardo Santareno, apresentou a sua tese de mestrado em literatura portuguesa, com o título, "Do Teatro em Bernardo Santareno". É professora no Agrupamento de Escolas José Estêvão, em Aveiro.