Museu Marítimo de Ílhavo
HOMENS E NAVIOS DO BACALHAU

Arquivo digital que documenta as campanhas bacalhoeiras desde o início do século XX

O Lugre - Projeto de Teatro Comunitário

16 de Janeiro de 2016 a 29 de Janeiro de 2016
Olugre site 1 772 9999

O Museu Marítimo de Ílhavo associa-se à reedição da obra “Nos Mares do Fim do Mundo”, de Bernardo Santareno, que resultou da sua experiência como médico da frota bacalhoeira entre 1957 e 1959. Esta edição, construída em parceria com a editora e-Primatur, será articulado com uma exposição e com a promoção de um projeto de teatro de comunidade dirigido pelo encenador Graeme Pulleyn. Este projeto teatral parte do texto de Bernardo Santareno “O Lugre” (1959), outra obra de referência do escritor e dramaturgo que foi médico na frota bacalhoeira portuguesa.

O Lugre de Bernardo Santareno

Projeto de teatro comunitário com Graeme Pulleyn

estreia | 18 de maio de 2016

 

O Espetáculo

“O Lugre - Projeto de Teatro Comunitário” propõe uma exploração contemporânea do texto clássico de Bernardo Santareno. Jogos, exercícios e improvisações teatrais estarão na base de uma interpretação coletiva desta narrativa do bacalhau e da pesca à linha. No contexto único e inspirador do Museu Marítimo de Ílhavo, os espaços do Museu terão um papel fundamental no processo de trabalho e de descoberta de uma forma atual de apresentar esta emocionante peça de teatro nos dias de hoje. O sofrimento e as vitórias daqueles pescadores pertencem ao passado, mas as palavras de Santareno ainda têm muito para nos fazer refletir sobre o nosso presente e o nosso futuro.

Destinatários

Aberto a todos, homens e mulheres, dos 14 aos 104, com ou sem experiência em teatro, mas com vontade de criar, aprender e partilhar experiências em contexto de teatro de comunidade.

Calendarização

Os ensaios realizam-se no Museu Marítimo de Ílhavo, entre as 19h e as 21h, nas seguintes datas:

  • Fevereiro: 3, 10, 17 e 24 (quartas-feiras)
  • Março: 2, 9, 16, 23 e 30 (quartas-feiras)
  • Abril: 6, 8, 13, 15, 20, 22, 27 e 29 (quartas e sextas-feiras)
  • Maio: 4, 6 (quarta e sexta-feira), 10, 11, 12, 13 (terça a sexta-feira), 14 (sábado | 10h-18h), 17 (terça-feira | ensaio geral)

Inscrições

Abertas de 16 de janeiro a 29 de janeiro de 2016.
Obrigatório a ficha de incrição, breve nota biográfica e descrição da motivação para o projeto.
Limitado a 20 participantes.

Informações

Museu Marítimo de Ílhavo: 234 329 990 | museuilhavo@cm-ilhavo.pt

 

Graeme Pulleyn

Nasceu no norte de Inglaterra em 1967. Estudou Teatro na Universidade de Warwick e veio para Portugal em 1990, como voluntário
num projecto de desenvolvimento comunitário na Serra do Montemuro (Castro Daire, Viseu). Acabou por viver durante 15 anos na serra, e cofundou o Teatro Regional da Serra do Montemuro (TRSM). Foi diretor artístico e trabalhou como ator e encenador em
espetáculos como Lobo-Wolf, Alminhas, A Eira dos Cães e Hotel Tomilho, que correram o país e a Europa de lés-a-lés, fazendo do TRSM uma das mais viajadas companhias portuguesas das últimas duas décadas. Vive em Viseu desde 2005, onde trabalha como encenador e ator independente.
Em Ílhavo tem desenvolvido diversos projetos, onde se incluem:

  • “Nem tudo o que vem à rede” - teatro comunitário - integrado no Festival do Bacalhau (Navio-Museu Santo André, 2015)
  • ”A Mesa” - teatro radiofónico - integrado no Festival Rádio Faneca (Centro Cultural de Ílhavo, 2015)
  • “Histórias marítimas românticas” - contos - integrado no programa do Dia dos Namorados (Museu Marítimo de Ílhavo, 2015)
  • “Em breve nos abraçaremos” - visita encenada - integrado no Festival do Bacalhau (Navio-Museu Santo André, 2014)
  • “Tá Mar” - teatro comunitário - integrado no programa dos 75 anos do Museu Marítimo de Ílhavo (Centro Cultural de Ílhavo, 2012)

 

Ficha de inscrição

Folheto geral