Museu Marítimo de Ílhavo
HOMENS E NAVIOS DO BACALHAU

Arquivo digital que documenta as campanhas bacalhoeiras desde o início do século XX

Programação Comemorativa dos 75 Anos do MMI

30 de Março de 2012 a 15 de Dezembro de 2012
Mmi 1 1 772 9999
Museu Marítimo de Ílhavo (MMI) comemora, em 2012, o 75.º Aniversário da sua fundação, que ocorreu em 8 de agosto de 1937, na sequência de um longo processo de gestação que começou no princípio da década de vinte.
Comemorar os 75 anos do MMI significa reconhecer e enaltecer o esforço e a dedicação de tanta e tanta gente que, ao longo destes anos lhe deu vida, mas igualmente reafirmar e fortalecer a aposta decidida da Câmara Municipal de Ílhavo neste seu equipamento de excelência, um dos mais singulares e principais museus portugueses, garantindo-lhe mais vida e mais futuro.
 
No seu último ciclo de vida, que decorreu entre 21 de outubro de 2001 e o final do ano de 2011, o MMI registou o número de 542.166 visitantes, indicadores de público que o confirmam como o mais expressivo dos museus municipais portugueses e um dos museus que registou maior afluência de público durante a última década.
O 75º aniversário do MMI coincide no tempo com um novo momento de ampliação e renovação da sua realidade física e do seu projeto, um ciclo de aprofundamento da identidade marítima do Museu e de reforço do seu envolvimento com o território, os públicos e a sociedade em geral.
 

No plano das infraestruturas a inaugurar em 2012, no âmbito do programa comemorativo, cujas funcionalidades passam a integrar a missão do MMI, destacam-se
as seguintes:

 
CIEMar-Ílhavo (Centro de Investigação e Empreendedorismo)
Instalado no requalificado edifício da antiga Escola Preparatória de Ílhavo, que entrará em funcionamento em março de 2012. Debaixo da designação aglutinadora CIEMar-Ílhavo, o centro incluirá uma unidade de investigação aplicada ao projeto do MMI e à criação de conteúdos em cultura marítima, um centro documental, uma unidade de formação em temas marítimos e um nicho de incubação de empresas interessadas em criar valor na
área da cultura marítima, no âmbito de um protocolo estabelecido entre a CMI e a UA, no âmbito da RUCHI.
 
Ficha Técnica:
ENTIDADE TITULAR Câmara Municipal de Ílhavo
INVESTIMENTO TOTAL 1.056.473,58 Euros
FINANCIAMENTO FEDER 845.178,87 Euros
ARRANQUE DA OBRA fevereiro de 2011
EMPRESA Construções Marvoense, Lda.
PROJETISTA João Almeida e Filipe Costa
EMPRESA Construções Marvoense, Lda.
 
Aquário de Bacalhaus e área de Reservas (Ampliação do edifício do MMI)
Ambas as unidades funcionais se inserem no percurso expositivo do atual edifício do Museu, englobando o aquário de bacalhaus, que será o elemento mais significativo deste novo espaço, assim como áreas técnicas e de reservas.
Com esta nova e inovadora capacidade, o MMI integra o bacalhau vivo no seu discurso expositivo, propiciando o conhecimento do seu ciclo de vida e do seu ecossistema.
 
Ficha Técnica
ENTIDADE TITULAR Câmara Municipal de Ílhavo
INVESTIMENTO TOTAL 2.870.150,00 Euros
FINANCIAMENTO FEDER 2.296.120,00 Euros
PRAZO DE EXECUÇÃO 9 meses
ADJUDICAÇÃO DA OBRA 6 de julho de 2011
EMPRESA Encobarra, SA
PROJETISTA ARX
 
 

No plano dos eventos a promover pelo Município de Ílhavo em 2012, cuja dimensão pública e relação com a Cultura do Mar integra o programa comemorativo dos 75 anos do
MMI, salientam-se:

 
Ílhavo Sea Festival (3-6 de Agosto)
No âmbito da comemoração dos 75 anos do Museu Marítimo de Ílhavo, que se associará ao 75.º aniversário da Sagres, do Creoula e do Santa Maria Manuela, a Câmara Municipal de Ílhavo irá realizar, de 3 a 6 de agosto, o Ílhavo Sea Festival 2012, que, para além de um conjunto vasto de iniciativas de índole cultural e desportiva, irá trazer novamente a frota dos grandes veleiros, e, por essa via, alguns dos maiores e mais deslumbrantes exemplares do mundo, constituindo assim mais uma excelente oportunidade de divulgação do Município de Ílhavo, da sua história marinheira, mas em especial da sua efetiva vocação marítima, seja ao nível da pesca, seja ao nível da náutica de recreio, seja ao nível de outras atividades económicas, em especial do turismo, que tenham o oceano e a Ria de Aveiro como pano de fundo.
Este regresso dos grandes veleiros surge depois do sucesso de 2008, momento de capital importância para a afirmação nacional do Município de Ílhavo, mas igualmente internacional, enquanto terra marinheira, que tem “O Mar por Tradição”, que durante décadas viveu do Mar, e que irá continuar, no futuro, a ter no Mar e no Turismo duas das suas principais alavancas para o seu crescimento e desenvolvimento.
 
Festival do Bacalhau (15-19 de Agosto)
Assumindo o MMI como mote e a comemoração dos seus 75 anos como pano de fundo, a Câmara Municipal de Ílhavo, em parceria com a Confraria Gastronómica do Bacalhau, irá promover, de 15 a 19 de agosto, uma edição especial do Festival do Bacalhau, momento de vital importância para a promoção dos valores da Gastronomia e da Cultura do Bacalhau e para a afirmação do Município de Ílhavo como Capital Portuguesa do Bacalhau, tendo o Jardim Oudinot, na Gafanha da Nazaré, como seu salão nobre e o renovado Navio-Museu
Santo André como seu anfitrião.